Blog - Saga Triumph

Lugar de mulher é pilotando uma moto Triumph

28/08/2020

A Triumph acaba de lançar um programa de aproximação das mulheres ao universo do motociclismo, com o intuito de ampliar a presença do público feminino ao fantástico ambiente das motos.

Batizado de “Women For The Ride”, o projeto foi inteiramente pensado e desenvolvido por funcionárias da montadora.

Uma das integrantes do comitê responsável pelo projeto, Luana Michelucci, que é colaboradora do departamento de Marketing da Triumph, ressalta que é fundamental o empoderamento feminino, pauta hoje presente em tantos segmentos da sociedade, se estender ao universo do motociclismo.

“Percebemos a necessidade de falar diretamente com as mulheres. Por isso criamos um comitê feminino dentro da empresa para dar força e reunir diferentes experiências vividas no motociclismo”, registra Luana.

Os pilares do “Women For The Ride” da Triumph

De acordo com o comitê do “Women For The Ride”, o projeto se ampara em três pilares: “produto”, “social” e “experiências e treinamentos”. A partir da definição desses pilares, elas consultaram mais mulheres a fim de estabelecerem as primeiras iniciativas direcionadas ao público feminino. 

Como estratégia de execução do primeiro pilar, o comitê sugeriu o lançamento de uma moto personalizada que simbolizasse a criação do programa. Para isso, convidaram o artista Samuel Lenzi para criar uma logomarca que estampará as unidades da Street Twin que forem compradas por mulheres neste mês de agosto.

Em seguida, para atender o pilar de “Experiências”, a primeira ação prevê a ministração de cursos de pilotagem do Triumph Riding Experience (TRX) para turmas exclusivamente de mulheres. A expectativa é que as primeiras turmas já se reúnam a partir de outubro.

Finalmente, o pilar “Social tem a pretensão de engajar os motociclistas em ações sociais – como, por exemplo, a que está em andamento de doação de produtos de higiene pessoal para a população de rua do centro de São Paulo, em setembro.

A Triumph está convicta do acerto da ação direcionada ao público feminino, como forma de inserção desse público ao universo do motociclismo, o que vai ao encontro do crescimento do número de mulheres portadoras da CNH categoria A, que teve um crescimento elevado nos últimos anos, passando de 4 milhões em 2011 para mais de 7 milhões em 2019, de acordo com dados do Denatran-SP.

E aí, gostou de saber que a Triumph valoriza e estimula a participação das mulheres no universo do motociclismo? Maravilha! Então continue acompanhando a Saga Triumph aqui pelo blog e redes sociais, onde nossas dicas, novidades e promoções sempre aparecem!

Fale conosco
Loading...